Monte um guarda-roupa básico e matador

Ao longo dos anos, o estilo masculino foi diminuindo em quantidade de peças: chapéus, coletes, sapatos lustrosos e suspensórios perderam progressivamente a vez para a praticidade de um bom jeans com camisa, por exemplo.

Mas há algum tempo, as coisas estão voltando a se sofisticar, dando espaço novamente para um homem bem vestido e com um guarda-roupa mais elaborado.

Porém, ostentar um guarda-roupa recheado de opções não combina com a rotina do dia a dia da maioria das pessoas, que precisam tomar decisões rápidas que transitem do dia para a noite, do casual para o social. Tem mais: no momento de “escassez” em que o mundo vive, ter menos nunca foi tão importante.

Em meio a tantas opções e estilos, quais seriam as peças chave para montar um guarda-roupa matador?

Separei aqui uma pequena lista com dez sugestões de peças. Meu critério foi versatilidade. Quais peças podem ser usadas em diversas ocasiões, sem serem consideradas alienígenas para o contexto?

1. Camisa branca

A boa e velha camisa branca funciona em qualquer ocasião. Vai da reunião pra balada, pro batizado ao jantar romântico. Tudo depende da forma que você combiná-la.

2. Blazer

O blazer tem o poder de transformar algo casual em elegante. Se no seu trabalho não é preciso usar traje social, é só colocar o blazer na hora de ir para a reunião ou para um programa a dois (fica perfeito com camiseta, calça jeans e tênis).

Caso você procure uma produção mais “arrumadinha”,  pode combinar com uma camisa social tranquilamente.

3. Calça jeans

A barra sanfona é uma péssima ideia. Prefira a barra bem dobrada

A dica para a calça jeans perfeita é tomar cuidado com o caimento: evite modelos que fiquem muito largos na perna. Atenção para a barra: o ideal é que a calça encontre o sapato sem dobras e não fique parecendo uma “sanfona”. Para os mais estilosos, vale usar a versão skinny com a barra dobrada.

Aqui temos um guia mais detalhado sobre jeans.

4. Sapato casual

A maioria dos homens não gosta de usar sapato social no dia-a-dia, pela falta de conforto. Mas tem duas opções que são bem versáteis pois vão bem com camisa ou camiseta, polo ou blazer. Temos os “sapatênis”, para quem tem um estilo mais arrumadinho e o “sneakers” para os mais descolados. 

Lembre-se: tênis esportivo deve ser usado apenas para atividades físicas. Quando você coloca seu tênis “de corrida” com uma calça jeans e camiseta, polo ou camisa, você gera uma dissonância cognitiva pelo simples fato de que aquilo não era pra estar ali.

5. Sapato social

Diferente do senso comum, o sapato social pode sim ser usado em quase qualquer ocasião. Dependendo do modelo, ele vai bem com bermuda e camisa, calça jeans e camiseta ou para um dia comum de trabalho. Aprenda a vê-lo com novos olhos, sem pensar que este é o seu “sapato para formaturas e casamento”. Experimente, se fotografe e veja que no final das contas, é só mais um sapato bonito para usar.

6. Camisa casual

O que chamamos de camisa casual podem ser as polos ou qualquer outra camisa que não seja uma camiseta, nem a clássica social.

Exemplo: camisas com tecidos leves, golas recortadas, aplicações. Essas camisas ficam no meio termo entre o formal e o descontraído. Dá para usar na balada e no trabalho, garantindo conforto mas sem parecer que está muito relaxado.

Aqui temos um bom texto sobre isso.

7. Sweater clássico ou jaqueta

Para os sonhados dias de frio, o sweater é a peça ideal para associar com qualquer camisa, camiseta e inclusive associar a uma gravata, se você buscar ainda mais elegância.

Vai bem com calças e camisas jeans ou social, possibilitando deixar a gola de fora. Se você acha engomadinho demais, lance mão de uma jaqueta, que pode ser de couro ou couro sintético. Dá pra usar até sobreposto, como na foto acima.

8. Camisetas

Esse item parece o mais fácil de se escolher, mas tome cuidado. Camisetas podem ser fáceis de usar, mas para destruir a sua imagem também é bem simples. O truque é prestar atenção em duas coisas: tecido e caimento.

Observe se o tecido é de qualidade e se a camiseta não fica marcando em algum canto do seu corpo. Não pode ficar curta demais nem muito comprida. A linha da costura deve sempre acompanhar os ombros.

Pra ficar de olho: frases ou estampas sugestivas também podem queimar o seu filme. Golas com decotes muito cavados não ficam bem em todo mundo.

9. Bermuda de alfaiataria

Se tiver que escolher entre um tipo de bermuda, escolha a de alfaiataria. É uma peça que pode virar “protagonista” da sua produção, diferente da bermuda jeans. A bermuda de alfaiataria tem o conforto necessário que uma bermuda jeans traria, mas com uma dose extra de estilo.

10. Calça chino ou sarja

A calça chino é aquela calça que tem cara de social, mas é feita de algodão. O corte dela costuma ser mais ajustado e você pode usar e abusar das cores e texturas.

Na Europa, é super comum usar com a barra dobrada, junto com camisas ou camisetas. No Brasil, a produção ainda é tímida, se este for o seu caso – comece com cores mais neutras como preto ou azul, depois aposte no tijolo ou mostarda.

Share: